Julgamento do Flamengo e Portuguesa no STJD – Caso de André Santos e Héverton julgado hoje

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas (1 votos, média: 10,00 de 10)

     





Nesta segunda, dia 16 de dezembro, acontece o julgamento da 39° Rodada do Campeonato Brasileiro 2013, onde Portuguesa e Flamengo podem perder pontos da competição no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro.

A sessão acontece a partir das 17 horas de hoje, e interessa muito ao Fluminense que, dependendo do resultado, pode escapar de disputar a segunda divisão do Brasileirão de 2014.

O julgamento analisará as escalações de André Santos, pelo Flamengo, contra o Cruzeiro, e a de Héverton, pela Portuguesa, contra o Grêmio, na última rodada do campeonato. Os dois foram suspensos em julgamento na sexta e escalados no final de semana, o que ocasionou em uma notícia de infração feita pela CBF ao tribunal.

Julgamento.

Os dois clubes foram denunciados no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e podem perder até quatro pontos na tabela da competição.

Se a Portuguesa e Flamengo perderem os seus pontos, o time paulista será rebaixado e o Fluminense permanece na Série A do ano que vem. Caso apenas o Flamengo perca os seus pontos, a Portuguesa fica na elite do futebol, o Fluminense idem e o Rubro-Negro disputa a Série B.

Caso a Lusa seja apenas ela punida, o Fluminense sobre novamente para a primeira divisão. O caso pode ficar prolongado, com os recursos das partes até o Tribunal Pleno, instância máxima da Justiça Desportiva, até o próximo dia 27 de dezembro, que é a data que o órgão estipula como limite para a solução do caso.

Julgamento.

Fonte – Globoesporte.

Os casos dos times de Portuguesa e Flamengo serão julgados pela 1ª Comissão Disciplinar, que é presidida por Paulo Valed Perry. O relator do processo da Lusa é Felipe Bevilacqua de Souza, do Rio de Janeiro, e o relator do processo flamenguista é Luiz Felipe Bulus Alves Ferreira, do Distrito Federal.

Participam também da votação como auditores Vinicius Augusto Sá Vieira (SP) e Douglas Blackhman (RJ).

O julgamento deve ser acompanhado em tempo real por vários veículos de comunicação.

O que você acha que o STJD deve decidir?


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)