Uber Yacht – Novo Serviço de Aluguel de Iate do Uber



  

Novo serviço será lançado inicialmente em Dubai por cerca de US$ 82.

A UBER já se tornou uma das marcas mais consagradas do mercado atualmente com o seu serviço de ''carona'' paga, permitindo que milhares de pessoas ao redor do mundo todo consigam um emprego, ajudando muito pessoas com deficiência, por exemplo. Mas a empresa também vem investindo em serviços de luxo.

A UBER está inaugurando um serviço de luxo bastante interessante, tanto pela oferta como pelo preço a ser cobrado pelo serviço. O novo serviço estará disponível na cidade de Dubai, por cerca de US$ 82 (algo em torno de R$ 290) e permitirá a qualquer pessoa, desde que a mesma agende com 48 horas de antecedência, viajar de iate com a empresa, com comida, bebidas e DJ.

A empresa anunciou que possui foco em continuar inovando em relação a serviços já presentes no mercado, tornando o app um líder global em diversos segmentos, trazendo experiências fantásticas para os usuários por meio de um único toque.

Este não é o primeiro serviço do gênero lançado pela empresa, que já havia lançado o UberCHOAPPER na Califórnia (para passeios de helicóptero) e o UberBOAT na cidade de Istambul.





Chama a atenção, na realidade, o fato de somente agora a empresa estar conseguindo obter lucros com seus serviços, no Canadá e nos Estados Unidos, algo que pode ser justificado pelos diversos processos judiciais que a empresa enfrenta em todo o mundo. Talvez seja exatamente esse lucro que faça a empresa investir em novos serviços.

No Brasil, não é diferente, visto que mesmo sendo um dos países onde a empresa mais sofre, junto da França, a empresa vem crescendo cada vez mais e lançou o UberPOOL (que permite ao usuário compartilhar o valor de uma corrida com outra pessoa caso o destino seja o mesmo ou bem parecido), além do UberX (categoria ainda mais barata do UBER). As novidades devem aumentar ainda mais visto que a empresa deverá ganhar concorrência ainda neste mês de Maio.

Por enquanto, o serviço ainda não foi regulamentado, muito graças aos protestos de taxistas, mas segue com seu funcionamento normal.



Post Comment