Capitão América Vilão da Hydra?



  

Revelação da nova HQ gera revolta dos fãs do personagem.

O HQ Capitão América Steve Rogers 1 foi lançado no mês de maio nos Estados Unidos e aponta o que poucos o que ninguém imaginava: o super-herói sempre foi um agente duplo da Hydra, a organização nazista e fascista que sempre lutou contra. O quadrinho conta com o texto de Nick Spencer e a arte de Jesus Saiz.

Obviamente, os fãs do Capitão América não gostaram nada da notícia e chegaram, alguns, a ameaçar a vida de Spencer nas redes sociais. O universo da Marvel com os lançamentos aparece unificado e com algumas pequenas mudanças. As novidades, além da já tão falada malvadeza do herói, aponta agora que o manto do Capitão América é dividido entre Rogers e Sam Wilson (Falcão).

Rogers também é mais jovem e Spencer decidiu que somente com uma inovação faria com que a história conseguisse um impacto. Mas esse algo novo parece que não agradou praticamente ninguém. Isso aconteceu, talvez, pelo fato que Rogers sempre fez a representação das minorias em seus combates contra o Nazismo. Alguns fãs até queimaram edições das novas revistas do Capitão América.

A história desta edição ainda conta dos problemas familiares de Rogers e que até sua mãe teve a sua vida salva por meio de uma agente que era da Hydra. A história é bem polêmica e corre por essa influência que a agente teve na infância de Rogers (insinuação de uma relação amorosa da agente e a mãe do Capitão), a sua mãe sendo recrutada pela organização, entre outros pontos que configuram a ida do herói para o “lado negro da força”.





Quem não gostou nada também foi Chris Evans, o ator que viveu o Capitão América nos cinemas. Nas redes sociais, ele não quis acreditar nessa notícia: “Hydra? Diga que não é verdade!”, comentou o ator.

Ainda não se sabe, mas é pouco provável que aconteça uma correlação dos HQs com os filmes da franquia Capitão América. Aliás, a saga pode ter tido o seu final com o recente filme “Guerra Civil” deste ano de 2016.

Para aqueles que querem ter a oportunidade de ler a HQ antes da mesma chegar ao Brasil, o que deve demorar ainda, a revista pode ser encontrada em mídia digital no site da Marvel pelo equivalente a R$ 18.



Post Comment