Irmãos Gêmeos podem ter Vida Mais Longa



  

Estudo afirma que irmão gêmeos podem viver mais do que outras pessoas.

De acordo com estudos de cientistas da Universidade de Washington, irmãos gêmeos costumam viver mais do que as outras pessoas. Curiosamente, o estudo que chegou a essa conclusão, inicialmente, não pesquisava absolutamente nada sobre gêmeos.

Nos anos 50, um estudo sobre câncer coletou dados de praticamente todos gêmeos, trigêmeos e quadrúplos nascidos na Dinamarca desde o ano de 1870. O banco de dados genético dinamarquês sobre pessoas que dividiram o útero em suas gestações é o mais completo de todo o planeta. O banco de dados conta com mais de 3 mil amostras genéticas.

A partir dos dados destes dinamarqueses, os pesquisadores da Universidade de Washington observaram que os gêmeos levam vantagem na longevidade. Enquanto 80% dos homens chegavam aos 45 anos com vida, o percentual entre os gêmeos era 10 pontos percentuais maior, ou seja, a cada dez gêmeos, nove chegavam aos 45 com vida. Entre as mulheres, o número de gêmeas que chegavam aos 60 anos em vida é 10% maior que o de mulheres que não têm irmãs gêmeas.

De acordo com os cientistas, o motivo para isso acontecer pode estar explicado não na genética, mas sim nas relações sociais. Existem vários tipos de crença popular sobre irmãos gêmeos. Muitos falam em uma ligação espiritual, e até mesmo física, muito grande entre eles. Porém, os pesquisadores argumentam que o verdadeiro motivo está no que eles chamam de suporte social. Assim como em casamentos bem sucedidos, pessoas com fortes laços sociais desenvolvem uma resistência maior ao stress e têm uma probabilidade menor de se envolver em situações de risco.





Isso acontece porque elas têm, ao seu lado, pessoas que lhe garantem suporte emocional e fazem de tudo para garantir seu bem estar. Assim, além disso ajudar na saúde mental do indivíduo, a presença de um irmão que lhe entenda e consiga lidar com suas adversidades torna problemas de saúde, de emergência e emocionais, mais fáceis de serem superados.

Apesar de o programa ter analisado apenas os gêmeos, por conta dessa questão social, os cientistas acreditam que pessoas que têm grandes companheiros, sejam eles amigos, cônjuges ou parentes de outra natureza, também desenvolvem essa facilidade para lidar com esse tipo de problema.

Renato Senna Maia



Post Comment