Lava Jato – Lula é Acusado de Corrupção e Lavagem de Dinheiro



  

Procuradores do Ministério Público anunciam denúncia contra Lula. Ex-presidente nega ter cometido qualquer crime.

Após meses de investigação e busca por evidências da participação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva nos esquemas de corrupção que envolvem o seu governo e também o da ex-presidente Dilma Rousseff, ele foi denunciado pelo crime.

Os procuradores do Ministério Público Federal no Paraná anunciaram a denúncia de Lula pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, por seu envolvimento na suposta propriedade de um triplex no Guarujá. Segundo o MP, as reformas realizadas no imóvel foram apenas uma fachada para a lavagem de dinheiro envolvendo Lula e a empreiteira OAS. Segundo as investigações, os favorecimentos oferecidos durante sua gestão à empreiteira foram pagos com o apartamento e uma reforma de quase 1 milhão de reais. O ex-presidente e sua mulher, Marisa Letícia, chegaram a visitar o prédio antes da entrega.

Em sua defesa, Lula diz que era um possível comprador como qualquer pessoa e que, no fim das contas, não fechou o negócio. Mas a história não deu certo.

Depende agora do Juiz Sérgio Moro aceitar a denúncia. Se aceita, Lula passa a configurar entre os réus da operação Lava Jato. Na denúncia estão também sua mulher, Marisa, Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, Léo Pinheiro, empreiteiro da OAS e mais quatro possíveis envolvidos.





O sítio em Atibaia também é alvo de investigação da Lava Jato. Segundo os procuradores, o sítio pertence sim ao ex-presidente. Lula nega categoricamente qualquer propriedade do local e afirma que apenas depositou seus bens pessoais no local por não haver onde guardá-los.

O Instituto Lula e a empresa pessoal dele, a LILS, também são alvo da Lava Jato. Segundo dados da empresa, Lula ministrou palestras que renderam mais de 10 milhões aos cofres da LILS. Só a OAS teria pago mais de um milhão de reais em palestras. O problema é que nenhum funcionário da empreiteira se recorda da realização de tais palestras na empresa.

Em sua entrevista coletiva após a denúncia, cercado por membros do PT, Lula chorou e disse que se for provado qualquer envolvimento dele nos atos de corrupção ele irá a pé para a prisão.

ANA CAROLINA HADDAD



Post Comment