Resultado Eleições Belo Horizonte (MG) 2016 – 1º Turno Prefeitura



  

João Leite e Kalil irão disputar o segundo turno das Eleições para Prefeitura de Belo Horizonte 2016.

Na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, dois candidatos irão disputar o segundo turno para decidir quem irá assumir a Prefeitura. João Leite, do PSDB, e Kalil, do PHS, entraram na briga para ganhar, mas nenhum dos dois conseguiu maioria total de votos. Os demais candidatos, como Rodrigo Pacheco, Reginaldo Lopes, Délio Malheiros, Maria da Consolação, Eros Biondini, Luis Tibe, Sargento Rodrigues, Marcelo Álvaro Antônio e Vanessa Portugal, terão que apoiar um dos próximos candidatos a disputar o primeiro turno e esperar a decisão da população. A disputa do segundo turno será no dia 30/10 e decidirá o futuro da cidade.

Ao todo, foram contabilizados pelo TSE 1.509.919 votos para a Prefeitura de BH. Desses, João Leite obteve 33,40%, enquanto Kalil teve 26,56%. Os demais votos foram divididos entre os candidatos subsequentes, supracitados. A abstenção foi de 417.537, contabilizando o número de 1.927.456 votos apurados. O candidato do PSDB, João Leite, obteve um número de 395.952 votos, enquanto o candidato que concorre pela sigla do PHS, Kalil, obteve o número de 314.845 votos. Os eleitores puderam conferir o resultado ontem às 21:45 da noite, numa rápida apuração adotada pelo sistema do TSE neste ano.

Todas as cidades cuja decisão se dará por segundo turno passarão por novo processo eleitoral no dia 30 de outubro. Segundo a legislação, somente é permitido a segunda chamada nas cidades em que a população tenha mais do que 200 mil habitantes aptos a votar. Nessas cidades o candidato que obter mais da metade dos votos pode ganhar em primeiro turno, se o placar não corresponder a isso, os dois primeiros irão a segundo turno. Foi o que aconteceu em Belo Horizonte, onde nenhum dos candidatos, João Leite ou Kalil, obteve mais que 50% dos votos.





Para vereador a cidade contará com 40 representantes na Câmara. O sistema de segundo turno não é válido para decidir vereadores, apenas os Prefeitos terão uma nova chance. Portanto, os principais vereadores eleitos, com mais votos, foram: Áurea Carolina do PSOL, com 17.420 votos (1,46%); Professor Wendel Mesquita do PSB, com 13.277 votos (1,11%); Wellington Magalhãs do PTN, com 13.191 votos (1,10); Juninho Los Hermanos do PSDB, com 12.866 votos (1,08%).

Jean Carlos Weber Andrades



Post Comment