Horário de Verão 2016-2017 – Corpo Humano demora 14 Dias para se Adaptar



  

Corpo Humano demora 14 dias para conseguir se acostumar com mudança de horário.

O horário brasileiro de verão sempre foi um assunto muito debatido pelos brasileiros. Um simples adiantamento de um hora causa bastante confusão na vida das pessoas, pelo menos nos primeiros dias. Estudiosos dizem que é uma questão de adaptação e que em poucos dias tudo volta ao normal.

Há pessoas que gostam muito dessa modalidade de horário, em contrapartida há outras que não aprovam a mudança no relógio. Gostando ou não, ele é uma realidade e já começou, até fevereiro alguns estados brasileiros terão horário de verão como hora oficial.

Segundo um estudo feito no Brasil, o corpo humano leva cerca de 14 dias para se adaptar com o novo horário. Antes disso, problemas como sono fragmentado, falhas de memória e dificuldade de concentração são bem comuns.

Há zero hora deste domingo, 16 de outubro, o horário brasileiro de verão começou em alguns estados do país, com duração até 19 de fevereiro de 2017. Até lá muita gente terá que se acostumar com os relógios adiantados em uma hora.





Na realidade, o horário de verão é muito importante para o país todo, pois por meio dele ocorre uma considerável economia de energia elétrica que chega de R$ 147,5 milhões, segundo o órgão governamental responsável pelo setor, Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Tanto é a sua viabilidade que é uma medida adotada em vários países para gerar economia. E no Brasil ele também não é novidade, uma vez que começou a ser adotado desde a década de 1930 e se tornou uma determinação presidencial em 1988, de forma que ocorre todos os anos. Embora ele já existisse, os estudos sobre possíveis impactos na saúde só tiveram início a partir de 1970.

O recente estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, em parceria com o Grupo Multidisciplinar de Desenvolvimento e Ritos Biológicos, abordou o assunto focando na influência na temperatura do corpo quando a alteração do horário ocorre.

Os efeitos colaterais do novo horário são mais fortes nos primeiros 14 dias poia altera principalmente a rotina de sono, uma vez que as pessoas passam a dormir mais tarde e acordam mais cedo. Mas conforme os dias vão passando, o organismo humano se adapta e tudo continua como sempre foi.

Sirlene Montes



One Comment - Escrever um Comentário

  1. Engraçado, nunca vi alguém viajar para a Europa que pode ter fuso de 2 ou 3 horas e demorar mais do que 2 dias para se adaptar. Aí volta uma semana depois para o Brasil e adapta novamente em mais dois dias no máximo!

Post Comment