Conta de Luz – O Que são as Bandeiras Verde, Amarela e Vermelha?



  

Saiba aqui o significado das cores das bandeiras na conta de luz.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi quem desenvolveu o Sistema de Bandeiras Tarifárias por meio de uma resolução de nº 547, de maio do ano de 2013. A partir de então, as contas de energia elétrica passaram a ser geradas considerando essa metodologia do sistema de bandeiras.

O Sistema de Bandeiras Tarifárias se configura em uma maneira diferenciada de informar um custo que atualmente está presente na conta de energia elétrica, mas que muita gente nem percebe.

Na realidade, o que se paga pela compra de energia por parte das distribuidoras estão presentes na realização do cálculo do reajuste das tarifas das distribuidoras e que são repassados para os consumidores. Porém, o repasse é feito no período de um ano após terem ocorrido, dessa forma que o reajuste da tarifa se torna válido.

O uso das bandeiras amarela e vermelha é uma forma de fazer uma sinalização todo mês sobre o que será cobrado pela geração de energia elétrica. Assim o consumidor já fica sobre aviso e tem a oportunidade de controlar seu gasto diário para evitar uma conta muito alta no final do mês.

Todo mês a Aneel faz para o mercado a divulgação da bandeira tarifária que estará em vigor em todas as regiões do Brasil, sempre se baseando nas informações fornecidas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico. Assim cabe as distribuidoras informar o consumidor final a bandeira tarifária, através da conta de energia.

O Sistema de Bandeiras Tarifárias, a partir do dia 1º de fevereiro deste ano, passou a ser constituído pelas quatro bandeiras, sendo elas verde, amarela e vermelha (que terá dois níveis).





O método do sistema de bandeiras serve para mostrar aos consumidores o valor verdadeiro da energia no Brasil, assim como as condições de abastecimento que influenciam no valor.

– Bandeira Verde: avisa aos consumidores que as hidrelétricas trabalham normalmente, sendo assim o valor da tarifa não sofre alterações.

– Bandeira Amarela: alerta que as usinas térmicas precisaram ser ativadas, sendo assim o consumidor paga o equivalente a R$ 1,50 a cada 100kwh usado.

– Bandeira Vermelha de Patamar 1: neste caso as usinas térmicas estão ativadas e operando a todo vapor, o que significa que a cada 100 kwh o consumidor terá que desembolsar R$ 3,00.

– Bandeira Vermelha de Patamar 2: avisa aos consumidores que a usinas térmicas estão ativadas e com alta demanda, o que custará R$ 4,50 a cada 100kwh consumidos.

Agora, que você consumidor já entendeu o funcionamento do Sistema de Bandeiras Tarifárias, fique atento a conta de energia elétrica e programe o seu gasto.

Sirlene Montes



Post Comment