CBF anuncia Cartão Verde de Fair Play



  

Cartão será utilizado para premiar atitudes de fair play durante os jogos.

Na última terça-feira, dia 21 de fevereiro, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou uma novidade que vai ser implementada durante a Copa Verde de 2017. De acordo com as informações divulgadas, o árbitro da partida poderá dar cartão verde para os jogadores que tiverem uma atitude de fair play nos jogos.

Além disso, o estímulo para que o jogo seja mais limpo será devidamente registrado em súmula. Os tradicionais cartões vermelho e amarelo continuarão sendo usados como punições para atitudes negativas. Já o cartão verde tem como principal objetivo fazer uma espécie de homenagem pública para os esportistas que batalham por seus objetivos e focam sempre em boas ações e comportamentos dentro de campo, servindo assim como exemplo para crianças e adolescentes.

Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, já enviou tanto os cartões como as devidas orientações a todos os árbitros que irão atuar durante a competição na temporada de 2017. A ideia da homenagem surgiu no ano passado e posteriormente acabou sendo analisada e aprovada pela FIFA para que pudesse ser colocada em prática já neste ano.

O cartão verde representa o fair play e todas as ações positivas que ocorrerem dentro do campo e que forem feitas por atletas ou até mesmo pela comissão técnica. Basicamente servirá para marcar e destacar os lances importantes relacionados a um jogo limpo. Com a implantação da novidade os jogos terão o cartão físico para premiar as ações citadas acima. De acordo com Marcos Marinho, ele será aplicado pelo árbitro no momento do ocorrido.

Segundo a CBF informou o Cartão Verde poderá ser aplicado para diversas situações dentre as quais estão:

· Fazer falta em favor do adversário;

· Interromper a jogada, se perceber que tocou a mão na bola, sem que o árbitro tenha visto;

· Quando a penalidade for aplicada corretamente em favor da equipe;





· Por tiro de canto para o adversário e não tiro de meta;

· Evitar que um companheiro discutisse depois de uma decisão de algum dos árbitros;

· Quando o árbitro perceber que o treinador está orientando o jogador para jogar na bola e não marcar falta.

· Outras ações.

Atitudes de Fair Play e incentivadoras não é exclusividade do futebol e podem ser vistas e aplicadas a todos os esportes como em qualquer outro campo da vida.

Veja no vídeo abaixo ótimos exemplos de ações positivas:

Por Denisson Soares



Post Comment