Vacina contra a Gripe – Cronograma de Vacinação



  

Pessoas do grupo de risco poderão se vacinar entre 17 de abril e 19 de maio.

A temporada de outono/inverno traz consigo grandes preocupações para a sociedade, entre elas as doenças respiratórias e a contaminação com o vírus da gripe. Com isso, o Ministério da Saúde, a fim de evitar vítimas fatais, como ocorreu no ano anterior, irá antecipar a vacinação em 2017.

As vacinas primeiramente serão aplicadas nos funcionários da área de saúde, a partir do dia 10 de abril. Em seguida, a população terá acesso às doses, que serão oferecidas depois do dia 17 de abril até o dia 19 de maio. A previsão é que a distribuição seja em 4 mil postos de vacinação.

Vale ressaltar que as doses gratuitas não serão distribuídas para todas as pessoas, sendo que a companha pretende alcançar cerca de 60 milhões de indivíduos. Para garantir o recebimento da vacina será necessário pertencer a algum dos grupos de risco, quais sejam:

· Idosos acima de 60 anos;

· Mulheres gestantes;

· Mulheres até 45 dias após o parto;

· Bebês de seis meses até 5 anos;

· Funcionários da área da saúde;

· Indígenas;

· Pessoas com doenças crônicas não contagiosas;





· Presos e trabalhadores do sistema prisional;

· Professores, novidade neste ano.

Aqueles que não pertencem aos grupos mencionados acima poderão adquirir a vacina na rede privada.

É importante frisar que a proteção máxima contra a gripe só está garantida depois de 30 dias da vacinação. Assim, a melhor alternativa é se vacinar o quanto antes para que os anticorpos estejam em níveis adequados.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe é anual, uma vez que os vírus influenza alteram suas características.

Estima-se que ocorra aproximadamente 5 milhões de casos graves de gripe, atingindo uma média de 500 mil mortes no ano.

Outras medidas preventivas, obviamente menos eficazes que a vacina, podem ser adotadas, como por exemplo, a higiene das mãos, aumentar a ventilação dos ambientes, além da manutenção da higiene pessoal como um todo.

Além da gripe, o governo também está em alerta para doenças como a pneumonia e a coqueluche. A rede pública disponibilizará a vacina para coqueluche para as gestantes e a vacina para pneumonia será aplicada nos idosos com idade superior a 60 anos.

Por Bruna Rocha Rodrigues Medeiros

Vacina



Post Comment