Horário de Verão 2018-2019 – Nova Data

  

  

A segunda mudança no início do horário de verão deste ano é devido ao Enem, então a mudança no relógio ficou para as zero hora do dia 18 de novembro.

Para alegria de uns e tristeza de outros, o Horário de Verão 2018/2019 está chegando, porém, devido às eleições, o governo decidiu que iria atrasar a mudança no relógio, ou seja, o brasileiro terá que esperar um pouco mais para adiantar o relógio. A princípio, o horário de verão foi prorrogado para o dia 4 de novembro, só que voltou a sofrer uma nova alteração.

A segunda mudança no início do horário de verão este ano é devido ao Enem – Exame Nacional do Ensino Médio, então a mudança no relógio ficou para as zero hora do dia 18 de novembro. Quanto ao fim do horário de verão, este será mantido para o dia 16 de fevereiro do ano que vem, quando o relógio deverá ser atrasado em uma hora. Sendo assim, serão 91 dias com o novo horário, sendo 35 dias a menos que no período 2017/2018.


As eleições começam neste domingo, dia 7 de outubro e o segundo turno será realizado no dia 27 deste mesmo mês. O MEC – Ministério da Educação – decidiu entrar com um pedido de prorrogação para o novo horário, alegando que se adiantar o relógio, milhares de candidatos acabam sendo prejudicados. As provas do Enem este ano serão realizadas dias 4 e 11 de novembro, os dois primeiros domingos do mês.

Rossieli Soares da Silva, ministro da Educação, solicitou em setembro para o presidente Michel Temer, que a data fosse revisse, para não ter risco de estudantes chegarem atrasados às provas. Outro problema é a logística do país, pois com o horário do verão, vários municípios ficam com até 3 horas de diferença do horário de Brasília, que é o que determina o início e o término das provas do Enem. Seria complicado organizar a aplicação das provas com horários tão diferentes pelo país.

Em dezembro do ano passado, o presidente Michel Temer assinou um decreto determinando o início do horário de verão 2018/2019 para o primeiro domingo de novembro, atendendo ao pedido do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, para que o início do novo horário não fosse justamente no domingo de votação referente ao segundo turno. A mudança de horário sempre acontece no mês de outubro, porém, isso complicaria muito as apurações, já que os estados estariam com horários diferentes.

  

Benefícios do Horário de Verão

Desde a década de 30 que o horário de verão vem sendo adotado no Brasil e graças a ele tem sido possível economizar no gasto com energia elétrica, porém, adiantar o relógio em uma hora acabou agradando a muitos segmentos, principalmente o comércio que registra aumento nas vendas durante o período.

Os barzinhos recebem mais clientes, as sorveterias faturam mais, assim como padarias, lanchonetes, supermercados e outros estabelecimentos comerciais.

Com o horário de verão há uma redução na sobrecarga de consumo no período de pico, sendo que no final da tarde há um maior consumo de energia, pois as pessoas estão retornando para casa e ligam a TV, chuveiro e outros equipamentos eletrônicos. Ao adiantar o relógio em uma hora, é possível aproveitar melhor a luz natural, evitando usar as lâmpadas de casa, nas indústrias, escolas, comércios e também nas ruas.

O horário de verão sempre começa em outubro porque a partir daí, os dias ficam maiores que as noites, já que o sol nasce mais cedo, pondo-se mais tarde. A intenção é justamente aproveitar melhor a luminosidade natural.

Só que muitos defendem hoje o fim do horário de verão, alegando que o consumo de energia está crescendo no meio da tarde, principalmente por causa do uso de ventilador e ar-condicionado e desta forma, pouca diferença faz adiantar o relógio.

Por enquanto, o governo não mudou nada e o horário de verão continua valendo, pelo menos por mais este ano, sendo que em 2019 novos debates poderão ser feitos.

Por Russel

Horário de Verão

Post Comment