Dia da Black Friday no Brasil




No Brasil, a Black Friday deste ano acontecerá no dia 23 de novembro.

Desde 2010 na última sexta-feira do mês de novembro, passou-se a ter no Brasil a Black Friday (nome que em Português significa "sexta-feira negra").

Esse adjetivo 'negro' se usa nos Estados Unidos para se dirigir a alguma calamidade. E de fato houve tal calamidade no passado, pois os Estados Unidos entrou em uma crise na bolsa de valores, daí foi aderido pela população esse termo: Black Friday.


Hoje, este adjetivo se destina ao dia de megas descontos que se originou nos Estados Unidos onde tradicionalmente é feito um dia após a Ação de Graças.
Hoje este dia destina-se a grandes promoções como de 50%, 70% e 90% de descontos.

Neste ano de 2018 no Brasil, esse dia tão esperado, tanto para os consumidores como para os comerciantes, acontecerá na sexta-feira do mês de novembro (dia 23).

O consumidor deve estar esperto e se planejar para não perder o dia do desconto e ao mesmo tempo precisa pesquisar para não comprar por impulso e nem ser enganado com descontos falsos.


Infelizmente, é real a desonestidade de comerciantes e lojas no Brasil ao anunciarem descontos onde na verdade é o preço original do produto. Uma boa estratégia que centenas de brasileiros aderiram é não comprar na primeira loja para que se possa fazer uma pesquisa, seja online ou loja por loja. Muitos começam a analisar os preços dias antes do Black Friday para que no dia possa perceber se houve realmente diferença positiva no preço, e assim, aproveitar os melhores descontos do mercado.

Há sites que já fazem esse serviço de comparação dos preços, com alguns cliques, é feito tais comparações entre várias lojas físicas e virtuais. Assim o povo brasileiro tem se beneficiado desse método para economizar tempo e principalmente dinheiro.

Lojas conhecidas nacionalmente, são as mais procuradas nessa época do ano, pois são mais confiáveis independente se o produto que o cidadão esteja procurando seja na área de cosméticos, eletrodomésticos, calçados e etc.

Exemplos de lojas e marcas conhecidas são: Ricardo Eletro, Americanas, Renner e muitas outras, no fim a escolha da loja dependerá muito do que o consumidor e cliente final deseja.

Portanto, antes de decidir onde comprar, se faz necessário pesquisar se a loja é conhecida, se há ou não muitas reclamações dos produtos que é vendido, se há facilidade na troca do produto caso aconteça algum problema como por exemplo tal produto não funcionar, ou qualquer outra circunstâncias que seja necessário a troca. Essa pesquisa simples, e que parece ser difícil, se pode fazer em pouco tempo e evita uma futura dor de cabeça. O benefício é bom demais para deixar para depois.

Além disso, especialistas descobriram que a melhor maneira de se sentir satisfeito a longo prazo com uma compra, é fazê-la em uma situação mais racional possível, pois quando se compra pela emoção, o arrependimento é certo, pois não se comprou pela necessidade de ter o produto e sim por ele parecer mais barato ou por estar na liquidação. Nesses casos muitas vezes o mesmo é deixado de lado e nunca será usado.

Então para driblar isso, o ideal antes de ir às compras é fazer uma lista do que realmente precisa adquirir e fazer um orçamento de quanto se pode gastar para não sair do orçamento mensal, afinal toda casa tem despesas fixas como água, luz e etc. Criar esta lista é um exercício de tempo e paciência que vale o esforço.
Tal exercício de reeducação financeira deve ser realizada não só no dia 23 de novembro, mas deve-se levar essa estratégia para a vida toda.

É bom pensar na possibilidade de pedir desconto mesmo no dia Black Friday, mas como? Por exemplo, caso sua lista de itens possam ser compradas toda em apenas uma loja, peça descontos ou use algum cupom promocional da loja, assim se terá uma economia a mais e será mais fácil ficar bem longe do 'vermelho'. Lembre-se que não é necessário se endividar para aproveitar as liquidações.

Em regra é interessante avaliar se a qualidade do que você vai comprar condiz com o preço que será pago. Evitar o espírito consumista e valorizar o dinheiro que se tem com inteligência financeira tem feito muitas pessoas mais felizes e satisfeitas com as compras.

Por Ingrid Santos Cortes

Black Friday

Post Comment