Prisão de Lula – Ex-Presidente é Condenado em Processo da Lava Jato



  

Juiz Sérgio Moro condenou Lula a 9 anos e 6 meses de prisão.

O juiz federal Sérgio Moro condenou na tarde desta quarta-feira (12.07) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, a nove anos e seis meses de cadeira pelo caso do triplex no Guarujá (SP).

Moro é responsável pelos processos judiciais da Operação Lava Jato na primeira instância e investigou a compra e reforma do apartamento no interior de São Paulo pelo ex-presidente Lula até chegar na condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Dois réus também foram condenados e quatro foram absolvidos neste mesmo caso.

A condenação não implica em prisão imediata do ex-presidente da República, segundo sentença publicada pelo juiz Moro, mesmo assim é a primeira vez que um ex-presidente é condenado por algum crime desde a publicação da Constituição atual. Lula então poderá recorrer dessa decisão em liberdade. A defesa do ex-presidente ainda não se manifestou sobre essa decisão de Moro.

Por outro lado, sobre o assunto de armazenamento do acervo presidencial em uma empresa de transportes, o juiz Sérgio Moro absolveu o ex-presidente das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro. A acusação dizia que a empresa OAS, também condenada por corrupção, teria pago esse armazenamento, mas Moro considerou que o caso tinha provas insuficientes.

A denúncia veio do Ministério Público Federal (MPF), que acusava que o triplex era uma propina da empresa OAS, que comprou e reformou o apartamento em Guarujá para o ex-presidente Lula. A propina foi paga por causa de três contratos consolidados entre a OAS e a Petrobrás quando Lula ainda era presidente. O valor da propina foi avaliado em R$ 3,7 milhões pelo MPF, pago com o triplex.





No caso de pagamento para a organização Granero para guardar os presentes que Lula ganhou quando era presidente, o MPF denunciou o pagamento no valor de mais de R$1 milhão de reais para pagar o aluguel de armazenagem, saldados também pela OAS como forma de propina. Contudo, Moro absolveu o ex-presidente nesse caso e o condenou apenas no caso do triplex.

O juiz então concluiu em sua sentença que o ex-presidente recebeu um pouco mais de R$2,2 milhões de propina que, ao invés de ter recebido em dinheiro, Lula ganhou em apartamento. Foram cerca de 1 milhão e 150 mil reais pelo apartamento e mais 1 milhão e 100 mil reais em reformas do mesmo.

Além dessa condenação no caso triplex, Sérgio Moro também deliberou uma multa a Lula no valor de R$ 669,7 mil.

Por Carolina Costa



Post Comment